segunda-feira, 30 de julho de 2012

CPI OAB


Câmara mobiliza-se para confrontar a OAB

A Câmara dos Deputados articula um movimento para fragilizar a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele consiste em avançar na tramitação do projeto que acaba com a exame para o exercício da profissão, bem como no recolhimento de assinaturas para instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) "da OAB". Seu objeto seria a investigação de fraudes no exame e a movimentação financeira da entidade, que não tem fiscalização dos tribunais de contas.


Leia mais




Vamos a Brasília, colaborem.

Precisamos saber quem estará presente em nossa jornada nesse dia 07 de agosto em Brasília, precisamos de apoio parlamentar para a aprovação do projeto de lei do Deputado Eduardo Cunha, que visa à extinção do exame de ordem.

Peço aos que estarão presentes que retornem esse email, para que possamos manter contato e nos unir com os demais bacharéis de outros movimentos que lá deverão estar.

Continuem com a mobilização nas redes sociais e acreditem em nosso sucesso.

Quem quiser colaborar com essa luta, poderá ajudar de várias formas, patrocinando a viagem para um colega próximo, onde estará sendo duplamente representado, enviando alguém em seu lugar com veículo próprio e convidando colegas, que na certa ajudarão nas despesas ou depositando qualquer quantia na conta da entidade e nesse caso, peço que retorne esse email e enviaremos a conta corrente, para que o depósito seja efetuado no máximo até o dia 06 de agosto próximo.

Contando com a compreensão de cada um de vocês, peço também que tenham fé e pensamento positivo, pois muitos brasileiros dependem e contam com nossa vitória.


Atenciosamente.

Willyan Johnes


Fonte : OBB

2 comentários:

  1. Movimento justo e bastante pertinente.Não podemos aceita um exame de ordem que é manifestamente incostitucional.O STF errou completamente no julgamento que declatou a constitucionalidade do exame.Temos que nos mobilizarmos para cosertar esse erro cometido pelo supremo.Tenho fé em Deus,no senso de justiça dos congressistas brasileieros e no compromisso que eles têm na preservação dos princípios constitucionais.O congresso de outrora, desrespeitou esses princípios, o supremo de hoje, referendou esse desrespeito e o congresso atual, irá reparar esaa cristalina inconstitucionalidade.Quem pensa diferente disto, tem algun interesse subalterno implícito.

    ResponderExcluir
  2. Não é para fragilizar a OAB, é para melhorá-la!

    A oab já não é exemplo de idoneidade, mas nós brasileiros queremos que ela volte a ser.

    Nosso jovem País, maduro, anda apaixonado por uma bela senhora vestida de branco... A JUSTIÇA!!

    Abaixo o exame da oab!

    ResponderExcluir

Palavrões não são permitidos!!!