segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Ophir terá que prestar contas



Juiz decide que OAB terá que prestar contas de Ophir Cavalcante



juiz Bruno César Bandeira Apolinário, da 3ª vara daJustiça Federal, decidiu que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tem o prazo de cinco dias para se manifestar sobre os supostos abusos do atual presidente da organização, Ophir Cavalcante, com o cartão corporativo.







Cheque de R$ 230 mil


Quando era presidente da OAB paranese, Ophir Cavalcante teria compensado cheques de R$ 230 mil sem esclarecimento sobre o destino da verba e até pagamentos de bebidas alcoólicas com o dinheiro da Ordem. A denúncia é do atual presidente da OAB no Pará, Jarbas Vasconcelos.

Sem investigação

Ainda de acordo com Jarbas, a denúncia foi apurada pelo conselho federal da OAB. Só que o conselho é presidido pelo próprio Ophir, o que coloca em dúvida o processo.

““Precisamos de transparência no processo administrativo da OAB. A inércia do Conselho Federal da OAB diante dos fatos é vergonhosa”, atacou Jarbas.






Fonte: JB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Palavrões não são permitidos!!!